Gestão

4 desafios a serem superados pelos médicos empreendedores

agosto 21, 2017
Tempo de leitura 3 min

É comum que as faculdades de medicina não preparem o profissional da área no que se refere às questões administrativas e ao planejamento estratégico. Tal realidade faz com que médicos empreendedores tenham alguns desafios para gerirem os seus próprios negócios como consultórios ou clínicas.

Pensando em ajudá-lo, listamos 4 desafios a serem superados pelos médicos empreendedores e daremos dicas para que você saiba como lidar com essas situações. Gostou da ideia? Quer saber quais são as nossas dicas? Então continue a leitura e confira agora mesmo!

1. Plano de negócios

O plano de negócios é uma ferramenta que deve servir de guia para empreendedores de qualquer ramo e, na área da saúde, isso não é diferente. Por isso, antes de abrir um negócio na área, documentar informações para construir esse guia é algo que não pode deixar de ser feito.

No plano de negócios deve constar a análise de mercado, projeção financeira, formas como será trabalhado o marketing, os serviços que serão oferecidos pela clínica, etc. Vale lembrar que, com um plano de negócios bem estruturado, você terá mais facilidade para obter recursos para investir junto a instituições financeiras, por exemplo.

2. Gestão financeira

Um erro muito comum e cometido por muitos médicos empreendedores iniciantes é misturar os gastos pessoais com os gastos da clínica. Isso é bastante grave e deve ser evitado, pois ao retirar dinheiro do caixa do consultório, fica difícil ter uma real dimensão da lucratividade do negócio.

Ao montar um consultório particular, o médico deve definir um salário para ele, assim como para seus colaboradores. O restante do valor arrecadado deve ser utilizado para as despesas da clínica, como pagamento de despesas fixas, melhorias na infraestrutura, etc.

3. Investimento em divulgação

Certamente você já ouviu falar que “a propaganda é a alma do negócio”. No entanto, apenas investir em determinado tipo de mídia, sem planejamento, não é suficiente para obter bons resultados. De nada adianta ter um anúncio em um jornal se o seu público-alvo não acessa esse tipo de mídia, por exemplo.

É por isso que você deve fazer um planejamento estratégico de público e, assim, definir as melhores formas para investir em divulgação, que pode ser feita tanto nos meios tradicionais (anúncios em rádio, jornais e panfletaria), como nas plataformas digitais (sites, ferramentas de e-mail marketing e mídias sociais).

4. Organização de agenda

Manter uma agenda bem organizada é fundamental para os profissionais da medicina. Isso requer a contratação de uma secretária competente, que saiba lidar bem com remarcações e substituições de horários, pois isso pode ser bastante comum nessa área.

Além disso, você também pode contar com o auxílio de um software de gestão, tendo em vista que, hoje em dia, existem diversos programas que podem contribuir para a organização de uma agenda.

Tudo certo para superar essas situações que causam espanto para médicos empreendedores? Lembre-se que existem empresas de consultoria que podem ajudá-lo nesses desafios! Caso tenha ficado com alguma dúvida ou queira compartilhar as suas experiências conosco, deixe um comentário no espaço abaixo!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário