SAIBA MAIS SOBRE A ACREDITAÇÃO HOSPITALAR ONA

Tempo de leitura 5 min

Olá, estamos de volta, dessa vez para falarmos um pouco sobre cada uma das normas que orientam o sistema de gestão da qualidade das organizações. A primeira… Acreditação ONA!

O que é Acreditação Hospitalar?

Acreditação Hospitalar como é conhecida, é um método de avaliação que busca por meio de padrões pré-definidos, promover a qualidade assistencial nas organizações.

É uma metodologia desafiante de ser implantada no que tange a amplitude.

Ao contrário de outras normas, é necessário atender um percentual de requisitos, conforme o nível que se busca, e aplicar a metodologia em toda empresa.

Em quais organizações ela pode ser aplicada?

É uma norma aplicável às organizações prestadoras de serviços de saúde, portanto além de hospitais ela se aplica a clínicas especializadas, laboratórios, serviços de imagem, dentre outros.

A metodologia não possui caráter fiscalizatório, é um programa de educação continuada que estimula a melhoria contínua. Por não possuir caráter prescritivo, a instituição consegue aplicar com a “sua cara”, sem recomendações de ferramentas, técnicas e processos, a empresa tem a liberdade de inovar.

O que é a Acreditação ONA

A ONA – Organização Nacional de Acreditação é uma organização sem fins lucrativos e responsável pelo desenvolvimento e gestão dos padrões definidos no MBA – Manual Brasileiro de Acreditação, além de responsável pelas normas orientadoras do SBA (Sistema Brasileiro de Acreditação).

Os requisitos são revisados a cada 04 anos e disponibilizados para consulta pública antes da sua publicação.  O manual é chancelado pela ISQUA (Sociedade Internacional para a qualidade em cuidados de Saúde), comunidade sem fins lucrativos dedicada a promover a melhoria da qualidade nos cuidados de saúde.

Como obter a Acreditação ONA?

Para obter a acreditação, a instituição precisa comprovadamente atender aos requisitos do Manual Brasileiro de Acreditação – 2018, além de obter os critérios de elegibilidade:

  • Estar legalmente constituída há pelo menos 01 ano;
  • Possuir alvará de funcionamento;
  • Alvará sanitário;
  • Possuir licenças pertinentes à natureza da atividade;
  • Possuir registros de responsável técnico, conforme perfil da organização.

Constituição do Sistema Brasileiro de Acreditação

O Sistema Brasileiro de Acreditação é constituído pela ONA (Organização Nacional de Acreditação), OPSS (Organização Prestadora de Serviços de Saúde) e IAC (Instituição Acreditadora).

Níveis de Acreditação

A norma possui 03 níveis, desta forma percebe-se que existe um caminho a percorrer, sempre focado em melhoria contínua e educação continuada.

Nível 01: Acreditado

A organização de saúde cumpre ou supera, em 70% ou mais os padrões de qualidade e segurança definidos pela ONA. Todas as áreas são avaliadas, incluindo aspectos estruturais e assistenciais. Válida por 02 anos e com avaliações de manutenção a cada 08 meses.

Nível 02: Acreditado Pleno

A organização deve cumprir ou superar 80 % ou mais os padrões de qualidade e segurança do nível 01 e atender aos 70% ou mais dos padrões de gestão integrada. Válida por 02 anos e com avaliações de manutenção a cada 08 meses.

Nível 03: Acreditado com excelência

Atender a 90% ou mais dos padrões de qualidade e segurança do nível 01, atender a 80% ou mais dos padrões de gestão integrada do nível 02 e atender 70% dos padrões de excelência em gestão.

Como explicado acima a norma visa a qualidade assistencial e segurança do paciente, os requisitos aparecem de forma transversal em todo manual com foco em avaliação “por processo” e não “de processos”, desta maneira a sinergia e fluidez entre as áreas é bastante observada.

A fim de obter o certificado após a implementação da metodologia de forma voluntária ou através de uma empresa de consultoria externa, a Instituição deverá fazer contato com uma das Instituições Acreditadoras Credenciadas (IACs) disponíveis no site da ONA, para contratar a avaliação e conquistar a acreditação.

A IAC realiza a avaliação e reporta todas as informações para a ONA, a mesma analisa as informações através do seu comitê técnico e o certificado é homologado.

Quais os benefícios de se implementar uma metodologia com esta característica

  • Qualidade no atendimento;
  • Reconhecida por um órgão externo;
  • Melhoria contínua em processos e atividades;
  • Segurança assistencial;
  • Redução de retrabalho e, consequentemente, redução dos custos;
  • Integração entre os setores;
  • Fortalecimento dos recursos humanos;
  • Visibilidade no mercado entre outros,
  • Aumento da satisfação dos pacientes e familiares.

Se você precisa de auxilio para o Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ), bem como implementar a Acreditação Hospitalar em seu hospital, laboratório ou clínica, a Ação Consultoria pode lhe ajudar. Temos especialistas com expertise em SGQ voltado para a área da saúde.

Entre em contato conosco clicando aqui.

Assine nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades em nosso blog.

Artigo redigido por: Érika Rocha, especialista em Gestão da Qualidade e Avaliadora Especialista em Normas ONA e RN 277; RN 452 e RN 440 pela DNVGL.

Artigo revisado por: Antônio Cândido, especialista em Gestão da Qualidade e Auditor Interno da Qualidade ISO 9001:2015, 14001:2015, 45001:2018 e ABNT NBR ISO / IEC 17025:2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *