Gestão, Planejamento

SAIBA MAIS SOBRE O ESTUDO DE VIABILIDADE ECONÔMICO FINANCEIRA?

julho 27, 2020
estudo de viabilidade econômico-financeira
Tempo de leitura 3 min

Um Estudo de Viabilidade Econômico-Financeira serve como o próprio nome já diz, para se avaliar a Viabilidade de uma ideia ou um projeto.

Ao se ter uma ideia ou desejo de realizar um investimento e antes mesmo de pensarmos em um Plano de Negócios (cuja estruturação é muito mais robusta), deve-se considerar a elaboração de um Estudo de Viabilidade Econômico-Financeira, ou EVEF.

O EVEF, a partir de levantamentos embasados, servirá para indicar a viabilidade ou não do projeto em termos de ordem de grandeza.

Dessa maneira, o Estudo de Viabilidade dá mais segurança ao investidor, ou antecipa a inviabilidade do projeto antes de se dispender muitos recursos com um estudo mais aprofundado. 

Importância do Estudo de Viabilidade Econômico-Financeira

O EVEF trata as informações com tamanha complexidade quanto o Plano de Negócios, além disto dá enfoque preliminar às questões financeiras propriamente ditas.

Quando falamos de ordens de grandeza, significa que os valores serão pesquisados e levantados sem fontes primárias e secundárias de forma superficial.

Sendo assim, ao tratarmos investimentos iniciais, gastos com pessoal, despesas administrativas, projeção de receita, taxas de financiamento, dentre outros fatores, utilizamos valores aproximados. Como dito, trabalha-se com números projetados.

“Um exemplo: quando formos levantar os investimentos iniciais, ao invés de trabalhar com pelo menos três orçamentos para embasar os valores, pode-se trabalhar com dois – ou até um só – dependendo do objetivo que se tem”

Além disso, o Estudo de Viabilidade Econômico-Financeira servirá, ainda, por meio de simulações e estudos do mercado local, para traçar as diretrizes de um Plano de Negócios futuro – já antecipando riscos, variáveis e possíveis desafios que a empreitada irá enfrentar caso se dê continuidade ao projeto.

Fonte das Informações

As informações que embasam um EVEF são retiradas de diversas fontes. Notícias veiculadas em mídias confiáveis, conhecimento de mercado dos consultores, conhecimento do mercado do próprio cliente, artigos e diversas outras fontes de informações.

Para todo trabalho realizado, é de extrema importância que as fontes sejam bem indicadas e explícitas, deixando claro ao cliente de onde foram retiradas e evitando possíveis questionamentos futuros.

Quando Usar

Um Estudo de Viabilidade Econômico-Financeira é recomendado quando não se tem muita certeza sobre o investimento, ou quando o projeto ainda está no campo das ideias.

Pode ser sugerido, também, quando os empreendedores não têm domínio das incertezas de variáveis fundamentais como custos, projeção de vendas, perspectiva de retorno, entre outros.

Em outras situações o EVEF também é recomendado, por exemplo, quando empresas já estruturadas buscam novos projetos, áreas de investimento ou movimentos de mercado. Ou seja, antes de se gastar energia desenvolvendo projetos robustos e preocupando-se com burocracias.

Cabe ao especialista ter a capacidade de distinguir os diferentes momentos e necessidades do cliente, sejam novos empreendedores, sejam novos empreendimentos de empresas já estruturadas, assim conseguindo captar em conversas e informações, se o indicado é um Estudo de Viabilidade Econômico-Financeira ou um Plano de Negócios com estudos mais aprofundados e estruturados.

Ao se montar um EVEF, deve-se considerar que o leitor não é apenas o cliente da sua empresa, mas sim possíveis investidores e apoiadores do projeto.

Desse modo, é interessante que a linguagem seja clara e objetiva, que o projeto contenha o maior número de informações relevantes e que o trabalho se apresente de maneira comercial, pronto para “vender a ideia” a quem quer que esteja lendo

Vantagens

  • Flexibilidade e agilidade
  • Informações preliminares
  • Dá diretrizes para um Plano de Negócios estruturado
  • Previsão, em ordem de grandeza, de gastos e retornos
  • Antecipa riscos e entraves possíveis
  • Avalia indicadores financeiros

Agora que você já sabe qual é a importância do Estudo de Viabilidade Econômico-Financeira, que tal nos contar o que achou deste artigo? Deixe o seu comentário abaixo — pode ser uma crítica, dúvida, elogio ou sugestão. Rapidamente vamos lhe responder!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário