Gestão

Gestão de pessoas: 3 maneiras de manter o corpo clínico motivado

junho 22, 2018
Tempo de leitura 3 min

Muitas vezes, no cotidiano dos hospitais, determinadas situações necessitam de preparos e procedimentos que sejam capazes de prover bons resultados, mas sem prejudicar o paciente ou qualquer tarefa dentro do corpo clínico.

No entanto, para garantir isso, aplicar medidas para estimular os funcionários que trabalham também é essencial, tornando o local mais harmônico e seguro para o desenvolvimento do corpo clínico.

Nesse sentido, uma boa gestão de pessoas é capaz de aliar eficiência, produtividade e dinamismo — conceitos essenciais para o engajamento de funcionários e à estabilidade do local. Para entender isso melhor, continue lendo e confira as melhores formas de manter o corpo clínico motivado!

1. Torne o ambiente mais colaborativo

É imprescindível construir um ambiente de trabalho em que as relações sejam mais abertas e transparentes. Em outras palavras, é essencial saber ouvir os trabalhadores que compõem o corpo de produção — isso facilita o desenvolvimento de um ambiente mais aberto entre os colaboradores.

Inclusive, escutar e entender o outro pode ser útil não apenas para desenvolver trabalhos individuais, mas também para potencializar um espírito de equipe.

Assim, além de criar uma imagem interna positiva, os hospitais também deixam visível essa motivação aos pacientes que precisam de um atendimento mais rápido e cuidadoso. Relacionar-se com o paciente de uma forma mais empática desenvolve uma relação de troca entre as pessoas que precisam de atendimento e facilita o diálogo entre os médicos.

Além disso, todo hospital é composto não só de médicos, como também de profissionais que fazem parte da limpeza, administração, entre outros setores. E criar maneiras de tornar mais acessível essa relação também é vital.

2. Crie políticas de incentivo

Para que a equipe de um hospital seja mais preparada para as tarefas clínicas, o gestor tem um papel fundamental no incentivo e na criação de um trabalho que desenvolva o talento do corpo clínico.

Nesse sentido, são necessárias estratégias para que o hospital possa abrir palestras e congressos com intuito de desenvolver temas como:

  • metas pessoais;

  • aprimoramento de talentos;

  • melhores formas de construir uma carreira eficaz na área de saúde;

  • como desenvolver um diálogo mais aberto e harmônico dentro dos hospitais.

3. Desenvolva treinamentos

Treinamentos são ferramentas que tornam o ambiente hospitalar mais preparado. Além de introduzirem novos conhecimentos, também são interessantes para o aprimoramento de habilidades.

Infelizmente, contudo, alguns hospitais não oferecem treinamentos qualificados. Isso torna o seu corpo clínico mais vulnerável em ocasiões nas quais é necessário exercer um atendimento mais ágil ou sabedoria para desenvolver procedimentos hospitalares que exigem maior atenção.

Isso não deve ser menosprezado. Afinal, o funcionário que não estiver devidamente preparado pode comprometer não apenas a sua carreira, como também os outros colaboradores que estão exercendo suas funções durante o expediente.

Enfim, saber aplicar uma gestão de pessoas eficiente requer uma verdadeira relação de troca entre os funcionários e o hospital. A empresa precisa estar atenta às necessidades e demandas do corpo clínico, bem como os médicos devem estar preparados para os treinamentos e ter conhecimento sobre as políticas do hospital.

Então, gostou do post? Achou interessantes essas dicas? Agora, não deixe de assinar a nossa newsletter e fique sempre atualizado sobre o assunto!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário