Gestão

Metodologia Bowtie: por que aplicar o gravata borboleta na empresa?

abril 9, 2019
Tempo de leitura 4 min

A metodologia Bowtie é um sistema que visa descrever, de maneira simples, os caminhos dos riscos de uma rotina de trabalho até as consequências desses eventos. O seu objetivo principal é ajudar a empresa a definir barreiras que fiquem entre as causas e o risco e entre o risco e a propagação.

O conceito Bowtie é uma evolução dos diagramas de causa-consequência dos anos 70 e 80. Em inglês, Bowtie significa gravata borboleta e o método recebe esse nome porque o diagrama de descrição lembra justamente o desenho de uma gravata borboleta.

Você que deseja melhorar a sua gestão de riscos a partir de uma comunicação clara e direta, continue a leitura e entenda como a metodologia Bowtie pode ajudar a sua empresa!

Como funciona a metodologia Bowtie?

A metodologia Bowtie funciona como um diagrama, que no início pode parecer um pouco complicado, mas que, quando completo, torna-se de fácil entendimento.

A aplicação se dá seguindo estes passos:

  1. identificação dos riscos a serem analisados, representando o nó principal da gravata borboleta;
  2. descrição das causas do evento, baseando-se nos riscos apontados;
  3. definição sobre o mecanismo pelo qual a fonte do perigo principal leva a um evento crítico;
  4. desenho de linhas juntando as causas e o evento, criando o lado esquerdo da gravata borboleta;
  5. definição de barreiras que evitariam consequências não desejadas;
  6. identificação de potenciais consequências e criação de linhas mostrando como o evento pode ser propagado;
  7. representação de barreiras que impedem a irradiação das consequências, finalizando o lado direito da gravata.

É importante também que estratégias que reforçam o controle de riscos, como inspeções, vistorias e treinamentos constem no diagrama.

Em suma: o método Bowtie funciona como um manual para que todos os funcionários entendam que riscos existem no local e que atitudes devem tomar diante de quaisquer contratempos.

Por que aplicar a metodologia Bowtie em sua empresa?

Agora que você já entendeu o conceito e como funciona a metodologia Bowtie, conheça algumas razões para implementá-la em sua empresa.

Facilita a compreensão

Como dito, depois de completa, a metodologia Bowtie se torna uma ferramenta de simples entendimento. Isso é importante, pois permite que os funcionários de diferentes hierarquias entendam as mensagens que estão sendo passadas.

Para diminuir os danos, tanto físicos quanto materiais, em situações eventuais, trabalhar com uma comunicação direta e transparente é de vital importância.

Identifica riscos e traz melhorias significativas

Uma das principais vantagens da metodologia Bowtie é que ela pode ser criada através de brainstorm. Ou seja, por meio de ideias e opiniões de vários colaboradores diferentes.

Assim, os riscos são identificados por meio do olhar de diversas equipes, ajudando a empresa a enxergar as suas vulnerabilidades em múltiplos aspectos. Por exemplo, os trabalhadores do noturno podem trazer ideias paralelas às equipes do diurno e vice-versa.

Com essas informações, a empresa consegue não só criar barreiras diretas para evitar incidentes, como também tem a chance de realizar melhorias significativas, tanto de gestão quanto de estrutura.

Analisa a confiabilidade das barreiras

Quando uma empresa entra em funcionamento, geralmente, ela realiza uma prévia análise de riscos. Mas com o crescimento do negócio e o surgimento de situações micro e macroambientais, essa análise pode se tornar defasada e não ser eficiente quando necessária.

Ao implementar a metodologia Bowtie, a empresa consegue testar suas barreiras de segurança, analisando a confiabilidade de cada uma. Dessa forma, o gestor pode atestar quais métodos continuam eficientes e quais precisam ser mais bem trabalhados.

Enfim, para aplicar a metodologia Bowtie não tem segredo. Basta seguir os passos apresentados no texto: listar os riscos, identificar as causas que fazem o evento acontecer, descobrir as barreiras de controle, entender as consequências, construir barreiras de defesa e desenvolver uma gestão para monitorar e aprimorar todas as barreiras. Então, não perca tempo e melhore a segurança no dia a dia da sua empresa!

Quer aprender mais sobre o assunto? Assine a nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário