Gestão

Cálculo do retorno sobre o investimento: veja como calcular o ROI

setembro 27, 2018
Tempo de leitura 4 min

Toda empresa oferece produtos ou serviços para o mercado com o objetivo de obter lucro. Assim, toda e qualquer ação de uma companhia se resume em três formas de gerar valor: aumentar a receita, reduzir custos e diminuir riscos.

Dessa forma, se uma contratação, aquisição ou projeto não está contribuindo para com essas metas, isso significa que não está gerando retorno sobre o investimento (ROI). No mundo corporativo, tudo se baseia no ROI, que representa o lucro ou prejuízo obtido após a realização de um determinado investimento.

Essa ferramenta pode ser utilizada para analisar desde se a aquisição de uma máquina ou a contratação de um novo funcionário vale a pena para o negócio. Com isso, é possível ter mais segurança ao investir e evitar danos financeiros.

Quer tomar decisões mais assertivas? Confira, abaixo, quais são as suas vantagens e como calcular o ROI!

Quais são as vantagens do ROI?

O indicativo feito pelo ROI pode fazer toda a diferença para o bom desempenho do seu negócio, compreendendo não só as questões financeiras, mas também as de gestão empresarial como um todo. Alguns dos seus benefícios são:

Reduzir gastos e aumentar lucros

Por meio do ROI, você pode saber que o valor a ser investido vai trazer o lucro considerado suficiente. Sendo assim, é essencial fazer esse cálculo para todas as áreas e ações da empresa. Após o resultado, você saberá com exatidão o que pode funcionar ou não, optando por seguir a adiante ou repensar uma ideia de investimento.

Com essa identificação, a organização também pode trabalhar para corrigir aquilo que está resultando em desperdício de recursos, facilitando o corte desses gastos desnecessários futuramente. Ao fazer isso, os seus lucros aumentam, automaticamente.

Melhoria contínua

Até mesmo o que já está dando certo pode ser melhorado a partir do ROI. Isso porque, quando o acompanhamento é feito com frequência, o empresário percebe como cada mudança se comporta e quais ações devem ser tomadas por meio delas. O histórico do ROI pode ser um importante aliado para planejar as ações da companhia com maior eficiência.

Tomar decisões rapidamente

Uma vez que o retorno sobre o investimento permite que você acompanhe e analise o seu comportamento com frequência, as alterações necessárias podem ser feitas rapidamente. O objetivo é que toda a empresa esteja envolvida na tomada de decisões, para que todos saibam o que será feito e a razão da ação. Diante isso, os resultados a serem atingidos ficam mais palpáveis para a equipe.

Motivar a equipe

Conforme abordamos anteriormente, ao incluir todos os colaboradores para alcançar uma meta, a equipe tende a se motivar, pois vê um motivo concreto para trabalhar. Assim, o foco se torna os resultados e não os esforços para conquistá-los. O interessante em envolver cada colaborador em particular é que todos eles podem perceber a sua importância dentro da empresa — um dos principais fatores para mantê-los motivados.

Como calcular o ROI?

Para fazer o cálculo do ROI, usa-se a seguinte fórmula:

ROI = ((Receita – Custos) / Custos) * 100

Basicamente, a fórmula consiste em calcular a Receita Líquida que o investimento poderá proporcionar para a sua empresa durante todo o período em que estiver operando, diminuindo os seus custos de aquisição e posteriormente dividir tudo isso pelos próprios custos destinados à aquisição do investimento.

Complicado? Vamos supor que a sua empresa planeja comprar um novo equipamento no valor de R$ 100.000,00. Esse item terá uma vida útil de 10 anos, gerando por mês um aumento de R$ 2.500 na Margem de Contribuição da organização (com os custos de produção e comercialização já reduzidos).

Com isso, em 10 anos, a máquina vai contribuir em R$ 300.000,00 a mais para a empresa. Tirando os custos empregados na aquisição do equipamento, o seu retorno sobre o investimento vai ser de R$ 200%. Isso significa que investir nesse produto é positivo e benéfico para o negócio.

É importante ressaltar que na fórmula do cálculo do retorno sobre o investimento, você deve considerar somente as receitas e custos adicionais gerados pelo investimento, deixando de lado receitas e demais custos da companhia.

Precisa otimizar a gestão do seu negócio? Saiba o que é e como fazer o gerenciamento de rotina diária.

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário