Gestão, Planejamento

Quando é o melhor momento para rever o seu modelo de negócio?

janeiro 31, 2019
rever o modelo de negócio
Tempo de leitura 6 min

Muitos empreendedores cometem o equívoco de acreditar que não devem rever o modelo de negócio jamais, mantendo-o da mesma forma prescrita no planejamento inicial. Afinal, eles supõem que a mudança pode indicar um fracasso das ideias originais.

No entanto, no cenário atual de alta competitividade e busca por inovação, isso tem se tornado impossível e as empresas são convocadas a se renovar constantemente para atrair mais e mais clientes.

Não vale a pena, todavia, mudar só por mudar. É preciso identificar o melhor momento para isso, pois seus funcionários e sua gestão devem estar preparados. Por esse motivo, escrevemos este post especialmente para você!

Se você ficou interessado, não deixe de ler nosso post até o final!

Como identificar a saturação do seu modelo atual?

Vamos explicar como identificar se há saturação no seu modelo atual para, então, dar os passos completos para concluir o diagnóstico. Confira!

Mudanças tecnológicas

Esse talvez seja o principal fator que torne alguns modelos de negócio obsoletos em um prazo relativamente rápido. As novidades da tecnologia vêm revolucionado as empresas há algum tempo, em um processo chamado de Transformação Digital.

Com isso, diversos setores — como gestão de pessoas e financeira, Tecnologia da Informação etc. — já não funcionam da mesma forma que na década passada. Várias atividades foram automatizadas e os sistemas digitais tomaram conta de grande parte das funções.

Isso trouxe uma eficiência muito grande, pois as tarefas repetitivas foram delegadas às máquinas ao passo que a mão de obra humana pode se dedicar, cada vez mais, às atividades que demanda inteligência, estratégia e criatividade.

Consequentemente, quando uma empresa adota uma solução digital, geralmente ela impõe uma pressão muito grande sobre seus concorrentes. Portanto, você não vai querer ser aquele que tem de implementar uma tecnologia às pressas. Em vez disso, deve tomar a dianteira do processo para vencer a concorrência. 

Para fazer uma avaliação rápida do seu negócio no momento quanto à questão tecnológica, responda a três importantes questões:

  • Sua empresa possui um sistema de gestão que integra os mais diversos setores?
  • Essas ferramentas têm soluções automatizadas?
  • Seus funcionários estão preparados para um negócio baseado em tecnologia e dados?

Caso a resposta seja negativa nas três, provavelmente você precisa repensar seu modelo de negócios urgentemente.

Metodologias inovadoras de produção

Você e os gestores da sua empresa têm sentido que a produtividade vem caindo ou fica estagnada por um longo período? Ou ainda que as operações atuais não são capazes de acompanhar o crescimento do número de clientes? Então, provavelmente, o seu negócio está usando uma metodologia de produção inadequada. 

Hoje em dia, há uma tendência na gestão empresarial chamada lean — que, em português, seria traduzida como enxuta. Ou seja, em vez de processos burocráticos, que consomem muito tempo e recursos, as práticas recentes recomendam reduzir desperdícios tanto materiais quanto de energia e tempo, em níveis de consumo próximo ao ótimo para manter as operações funcionando com um nível de qualidade elevado.

Quando e como fazer a revisão do seu modelo de negócio?

Confira a seguir um passo a passo de com fazer com assertividade e de forma estratégica.

Analise o cenário do negócio

Todas as decisões dentro de uma empresa devem ser embasadas, isto é, ter por base dados coletados com metodologia confiável. Caso contrário, você pode mudar algo que está dando certo. Tampouco, não se deve tomar a intuição e “achismos” como argumentos. Eles podem até fornecer a motivação para a revisão, mas é preciso estar acompanhada de números que mostram que modelo atual precisa ser otimizado.

Há várias ferramentas de gestão que ajudam nessa etapa, como:

  • análise FOFA (ou SWOT), que identifica os seus pontos fracos e fortes da sua empresa (cenário interno), assim como as ameaças e oportunidades no mercado (cenário externo). Com isso, você sabe se seu negócio precisa apenas de alguns ajustes pontuais ou de uma verdadeira reformulação;
  • método 5W2H, uma série de questionamentos e avaliações para que sua empresa desenvolva um plano de ação eficiente com todos os fatores e atores elencados;
  • método SMART, que é uma forma de formular objetivos e metas precisas, que indicam onde sua empresa quer estar nos próximos anos. Para isso, você deve elaborar um planejamento específico, mensurável, alcançável, realista e com prazos fixos.

Analise e assuma (se necessário) riscos

Além disso, você deverá entender que a reformulação do modelo de negócio tem seus riscos e pode não ser um sucesso nas dimensões do previsto. Portanto, muita análise será necessária para que você seja capaz de mitigar esses riscos quando necessário. Esse processo é relativamente simples e envolve as seguintes etapas:

  • análise de mercado, com o objetivo de identificar o que o seu público está procurando no momento; o que os concorrentes têm oferecido, como está o crescimento do setor, qual a demanda por seus produtos;
  • análise interna, com foco na revisão dos resultados da análise FOFA para saber se seus pontos fracos podem levar a algum comprometimento significativo no novo modelo de negócio;
  • análise financeira, com o propósito de descobrir se o seu caixa está preparado para uma eventual queda nas vendas durante o processo de implementação do novo modelo de negócios.

Tenha a mente de um iniciante

É importante lembrar que, mesmo com toda experiência acumulada, a “mente de iniciante” deve ser cultivada. Afinal, quando abrimos um negócio, somos otimistas e estamos sempre preparados para enfrentar mudança e o que vier de novo. Então, se for preciso revolucionar alguns pontos do seu modelo atual, não deixe que o medo acabe prevalecendo e impedindo a renovação.

Qual a importância das consultorias nesse processo?

Por fim, ter um parceiro com conhecimento amplo de mercado e das técnicas de gestão empresarial pode ser um diferencial gigantesco. Afinal, por mais que você tenha estudado e se dedicado ao assunto, você ainda não terá o conhecimento dos especialistas, pois você está apegado ao contexto do seu negócio. Os consultores externos, por outro lado, já analisaram centenas de empresas e podem compartilhar essa experiência com você.

Além disso, elas possuem as ferramentas certas para o sucesso, isto é, os melhores sistemas digitais, as mais novas técnicas de gestão, as melhores estatísticas, etc. Desse modo, você terá acesso a recursos como plano de negócio, planejamento estratégico, plano de marketing e diagnóstico empresarial inovador. Consequentemente, terá o melhor arsenal para vencer a batalha pelo sucesso.

Portanto, não tenha receio de rever o seu modelo de negócios se você tiver bons dados e o parceiro certo. Tenha medo de mudar somente se esse processo for impulsivo e desacompanhado das melhores estratégias do mercado. Estamos em uma época em que se reinventar é essencial para se manter no mercado, ainda que a competitividade não permita muitos erros.

Se você quer entender melhor como o nosso processo de consultoria funciona e os benefícios para o seu negócio, não deixe de acessar a nossa página!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário